Rola Blog - Bem-humorado em suas quatro linhas. Ou melhor, entrelinhas.

Translate Traduca Traduzca Traduisez


------------------------------
:: Conheça o PERFIL do Rola Blog e do autor
------------------------------


E-mail


E-mail
Adicione o RB aos favoritos
------------------------------


RSS


Da Arquibancada:
- Sua nota para o Rola Blog
- Indique esse Blog


Enquete
Para o Brasil receber megaeventos esportivos, o mais importante é...

Investir em mobilidade urbana e infra-estrutura

Construir arenas e estádios modernos

Planejar o legado

Estruturar o esporte de base aliado à educação

Votar


Galeria.RB
- Álbum de figurinhas
- Ingressos históricos
- Joga Blog (Games)
- Wallpapers NBA
- Mapa do site
- Escrete Virtual
- Matérias Revista Placar


TV


PODCAST


Coberturas Especiais:
- ROLA BLOG NO PAN
- COPA DO MUNDO 2006
- OLIMPÍADAS 2008
- ELES QUEREM ESTÁDIO

BLOGS


ESPORTE


Siga o Rola Blog:
------------------------------

Twitter

Orkut


Facebook


Flickr


Youtube

------------------------------

Arquivo Esportivo:
- 26/09/2010 a 02/10/2010
- 18/07/2010 a 24/07/2010
- 11/07/2010 a 17/07/2010
- 04/07/2010 a 10/07/2010
- 27/06/2010 a 03/07/2010
- 20/06/2010 a 26/06/2010
- 13/06/2010 a 19/06/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 16/05/2010 a 22/05/2010
- 09/05/2010 a 15/05/2010
- 02/05/2010 a 08/05/2010
- 11/04/2010 a 17/04/2010
- 21/03/2010 a 27/03/2010
- 07/03/2010 a 13/03/2010
- 14/02/2010 a 20/02/2010
- 24/01/2010 a 30/01/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 20/12/2009 a 26/12/2009
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 29/11/2009 a 05/12/2009
- 22/11/2009 a 28/11/2009
- 15/11/2009 a 21/11/2009
- 08/11/2009 a 14/11/2009
- 01/11/2009 a 07/11/2009
- 25/10/2009 a 31/10/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 20/09/2009 a 26/09/2009
- 16/08/2009 a 22/08/2009
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 02/08/2009 a 08/08/2009
- 26/07/2009 a 01/08/2009
- 19/07/2009 a 25/07/2009
- 12/07/2009 a 18/07/2009
- 05/07/2009 a 11/07/2009
- 28/06/2009 a 04/07/2009
- 21/06/2009 a 27/06/2009
- 07/06/2009 a 13/06/2009
- 17/05/2009 a 23/05/2009
- 03/05/2009 a 09/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 22/03/2009 a 28/03/2009
- 15/03/2009 a 21/03/2009
- 08/03/2009 a 14/03/2009
- 01/03/2009 a 07/03/2009
- 22/02/2009 a 28/02/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 08/02/2009 a 14/02/2009
- 25/01/2009 a 31/01/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 11/01/2009 a 17/01/2009
- 04/01/2009 a 10/01/2009
- 21/12/2008 a 27/12/2008
- 14/12/2008 a 20/12/2008
- 07/12/2008 a 13/12/2008
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 23/11/2008 a 29/11/2008
- 16/11/2008 a 22/11/2008
- 02/11/2008 a 08/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 14/09/2008 a 20/09/2008
- 07/09/2008 a 13/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 24/08/2008 a 30/08/2008
- 17/08/2008 a 23/08/2008
- 10/08/2008 a 16/08/2008
- 03/08/2008 a 09/08/2008
- 20/07/2008 a 26/07/2008
- 13/07/2008 a 19/07/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 18/05/2008 a 24/05/2008
- 11/05/2008 a 17/05/2008
- 04/05/2008 a 10/05/2008
- 27/04/2008 a 03/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 06/04/2008 a 12/04/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008
- 23/03/2008 a 29/03/2008
- 16/03/2008 a 22/03/2008
- 09/03/2008 a 15/03/2008
- 02/03/2008 a 08/03/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 17/02/2008 a 23/02/2008
- 10/02/2008 a 16/02/2008
- 03/02/2008 a 09/02/2008
- 27/01/2008 a 02/02/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 13/01/2008 a 19/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 30/12/2007 a 05/01/2008
- 23/12/2007 a 29/12/2007
- 16/12/2007 a 22/12/2007
- 09/12/2007 a 15/12/2007
- 02/12/2007 a 08/12/2007
- 25/11/2007 a 01/12/2007
- 18/11/2007 a 24/11/2007
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 04/11/2007 a 10/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 21/10/2007 a 27/10/2007
- 16/09/2007 a 22/09/2007
- 02/09/2007 a 08/09/2007
- 26/08/2007 a 01/09/2007
- 19/08/2007 a 25/08/2007
- 12/08/2007 a 18/08/2007
- 05/08/2007 a 11/08/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 15/07/2007 a 21/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 17/06/2007 a 23/06/2007
- 10/06/2007 a 16/06/2007
- 03/06/2007 a 09/06/2007
- 27/05/2007 a 02/06/2007
- 20/05/2007 a 26/05/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 06/05/2007 a 12/05/2007
- 29/04/2007 a 05/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 15/04/2007 a 21/04/2007
- 08/04/2007 a 14/04/2007
- 01/04/2007 a 07/04/2007
- 25/03/2007 a 31/03/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/03/2007 a 17/03/2007
- 04/03/2007 a 10/03/2007
- 25/02/2007 a 03/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 04/02/2007 a 10/02/2007
- 21/01/2007 a 27/01/2007
- 14/01/2007 a 20/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 10/12/2006 a 16/12/2006
- 26/11/2006 a 02/12/2006
- 19/11/2006 a 25/11/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 29/10/2006 a 04/11/2006
- 22/10/2006 a 28/10/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 27/08/2006 a 02/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 13/08/2006 a 19/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 23/07/2006 a 29/07/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 09/07/2006 a 15/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 18/06/2006 a 24/06/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 28/05/2006 a 03/06/2006
- 21/05/2006 a 27/05/2006
- 14/05/2006 a 20/05/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 16/04/2006 a 22/04/2006
- 09/04/2006 a 15/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 26/03/2006 a 01/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 12/03/2006 a 18/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 26/02/2006 a 04/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 05/02/2006 a 11/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006

------------------------------


Technorati


OLIMPÍADAS RIO 2016

Promissoras ainda que exóticas


Maior astro do golfe, Tiger Woods deve marcar presença nos Jogos Rio-2016


O COI decidiu incluir duas novas modalidades no programa olímpico a partir dos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016: golfe e rugby (ou rúgbi). Assim, a Olimpíada brasileira contará com 28 modalidades.


Futsal e futebol de areia, variações da paixão nacional, continuam de fora, mas as duas novatas – e até então exóticas para o esportista brasileiro – prometem preencher muito bem a lacuna.


Aliado ao turismo de eventos, o golfe já é um dos esportes mais atrativos no país, do ponto de vista econômico. Movimenta R$ 400 milhões por ano, atrai turistas aos grandes resorts e tem sido bastante requisitado no ambiente corporativo.


Serve como endomarketing ou porta de entrada para patrocínios e apoios institucionais que visam as classes A/B. Para manter um golfista competindo em alto nível, estima-se um gasto anual de R$ 25 mil. Modalidade para poucos, ainda.


Com a inclusão nas Olimpíadas, a Confederação Brasileira de Golfe espera um aumento expressivo na exposição de mídia da modalidade, favorecendo novos acordos comerciais e ajudando a popularizar, em todos os sentidos da palavra, o golfe pelo Brasil.


Já o rúgbi, apesar de praticado em 21 estados brasileiros, conta com apelo popular ainda menor que o do golfe. De acordo com o último censo divulgado pela Associação Brasileira de Rugby, a modalidade soma 4763 praticantes, contra quase 25 mil do golfe.


Os trunfos do rúgbi são os custos de equipamento e acessórios – mais baixos que os de um golfista –, a disponibilidade de espaço – um campo de futebol já serve como base de treinamento – e a alta popularidade do esporte pelo mundo.


A Copa do Mundo de Rugby é o terceiro maior evento esportivo do planeta, atrás apenas do Mundial de futebol e das próprias Olimpíadas. É transmitida no Brasil, através da TV a cabo, e pode ajudar a despertar, no mínimo, a curiosidade dos brasileiros por essa nova modalidade olímpica.


Quem ainda não está por dentro do rúgbi, pode conhecer um pouco mais sobre a modalidade na matéria produzida pelo RB para a série “Como o esporte gira em torno do mundo”.



Ou então, esperar até 2016, para ver nossos atletas em ação no estádio de São Januário.



- Postado por: Breiller Pires às 12h40
[ ] [ envie esta mensagem ]

Compartilhe: AddThis Feed Button
___________________________________________________




OLIMPÍADAS RIO 2016

Barreiras invisíveis



Como citado no último post sobre Olimpíadas e megaeventos esportivos, as discussões sobre mudanças estruturais e sociais no Brasil, com a iminência da Copa 2014 e dos Jogos Olímpicos 2016, têm se estendido cada vez mais.


No entanto, outros aspectos – não menos importantes – que envolvem investimento e legado estão sendo esquecidos em meio a tantas notícias e tuitadas sobre infra-estrutura, transporte e estádios para o país receber esses dois megaeventos esportivos.


O principal deles se refere ao planejamento do esporte brasileiro. Planejamento para formar atletas, reestruturar confederações e federações, massificar modalidades desconhecidas e, consequentemente, conseguir um melhor desempenho em medalhas e resultados em grandes competições.


A necessidade de um olhar mais atento em relação à conjuntura esportiva do país se reforça em cima dos quase 30 casos de doping de atletas brasileiros descobertos neste ano. Entre eles, a ginasta Daiane dos Santos e a triatleta Mariana Ohata. Atletas de alto nível, com currículo olímpico.


Não é à toa que o doping tem se tornado o maior pesadelo do Comitê Olímpico Internacional. Mesmo com os mais modernos mecanismos de controle antidoping, o registro de atletas “turbinados” não para de crescer. A indústria farmacêutica pró-doping encontra brechas, alicia treinadores e estabelece uma poderosa rede de interesses econômicos.


Em meio a esse ciclo de dopagem, encontram-se atletas de diferentes nacionalidades, consagradíssimos, como Maradona, a ex-velocista Marion Jones – que abandonou a carreira após escândalo de doping – e o tenista André Agassi, que confessou ter utilizado substâncias proibidas para competir nas Olimpíadas de 1996.


Tudo bem, o doping não tem fronteiras e atinge inclusive potências olímpicas. Mas cai muito mal para a imagem de um país emergente, sede dos dois maiores eventos esportivos do mundo, ter tantos atletas na malha fina do antidoping.


Medidas preventivas devem ser redobradas, com urgência, pelos órgãos de fiscalização nacionais. Desde as competições de base aos campeonatos de grande expressão. Reflexões em torno do “boom da dopagem” no Brasil também são bem-vindas.


Será que os atletas não chegaram a um limite, e o doping parece ser a única saída para seguir competindo? O nível de exigência em treinamentos e competições aumentou tanto assim para que a dopagem seja tão requisitada?


Os atletas são devidamente instruídos em relação às substâncias proibidas? Empresários e agentes estão preparados para gerenciar carreiras dos esportistas profissionais brasileiros?


Começa por aí, pelo banimento do doping, a construção de uma política esportiva séria. Igualdade de condições é o princípio básico do esporte. Sede olímpica que se preze não pode fugir à regra.



- Postado por: Breiller Pires às 13h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

Compartilhe: AddThis Feed Button
___________________________________________________