Rola Blog - Bem-humorado em suas quatro linhas. Ou melhor, entrelinhas.

Translate Traduca Traduzca Traduisez


------------------------------
:: Conheça o PERFIL do Rola Blog e do autor
------------------------------


E-mail


E-mail
Adicione o RB aos favoritos
------------------------------


RSS


Da Arquibancada:
- Sua nota para o Rola Blog
- Indique esse Blog


Enquete
Para o Brasil receber megaeventos esportivos, o mais importante é...

Investir em mobilidade urbana e infra-estrutura

Construir arenas e estádios modernos

Planejar o legado

Estruturar o esporte de base aliado à educação

Votar


Galeria.RB
- Álbum de figurinhas
- Ingressos históricos
- Joga Blog (Games)
- Wallpapers NBA
- Mapa do site
- Escrete Virtual
- Matérias Revista Placar


TV


PODCAST


Coberturas Especiais:
- ROLA BLOG NO PAN
- COPA DO MUNDO 2006
- OLIMPÍADAS 2008
- ELES QUEREM ESTÁDIO

BLOGS


ESPORTE


Siga o Rola Blog:
------------------------------

Twitter

Orkut


Facebook


Flickr


Youtube

------------------------------

Arquivo Esportivo:
- 26/09/2010 a 02/10/2010
- 18/07/2010 a 24/07/2010
- 11/07/2010 a 17/07/2010
- 04/07/2010 a 10/07/2010
- 27/06/2010 a 03/07/2010
- 20/06/2010 a 26/06/2010
- 13/06/2010 a 19/06/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 16/05/2010 a 22/05/2010
- 09/05/2010 a 15/05/2010
- 02/05/2010 a 08/05/2010
- 11/04/2010 a 17/04/2010
- 21/03/2010 a 27/03/2010
- 07/03/2010 a 13/03/2010
- 14/02/2010 a 20/02/2010
- 24/01/2010 a 30/01/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 20/12/2009 a 26/12/2009
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 29/11/2009 a 05/12/2009
- 22/11/2009 a 28/11/2009
- 15/11/2009 a 21/11/2009
- 08/11/2009 a 14/11/2009
- 01/11/2009 a 07/11/2009
- 25/10/2009 a 31/10/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 20/09/2009 a 26/09/2009
- 16/08/2009 a 22/08/2009
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 02/08/2009 a 08/08/2009
- 26/07/2009 a 01/08/2009
- 19/07/2009 a 25/07/2009
- 12/07/2009 a 18/07/2009
- 05/07/2009 a 11/07/2009
- 28/06/2009 a 04/07/2009
- 21/06/2009 a 27/06/2009
- 07/06/2009 a 13/06/2009
- 17/05/2009 a 23/05/2009
- 03/05/2009 a 09/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 22/03/2009 a 28/03/2009
- 15/03/2009 a 21/03/2009
- 08/03/2009 a 14/03/2009
- 01/03/2009 a 07/03/2009
- 22/02/2009 a 28/02/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 08/02/2009 a 14/02/2009
- 25/01/2009 a 31/01/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 11/01/2009 a 17/01/2009
- 04/01/2009 a 10/01/2009
- 21/12/2008 a 27/12/2008
- 14/12/2008 a 20/12/2008
- 07/12/2008 a 13/12/2008
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 23/11/2008 a 29/11/2008
- 16/11/2008 a 22/11/2008
- 02/11/2008 a 08/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 14/09/2008 a 20/09/2008
- 07/09/2008 a 13/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 24/08/2008 a 30/08/2008
- 17/08/2008 a 23/08/2008
- 10/08/2008 a 16/08/2008
- 03/08/2008 a 09/08/2008
- 20/07/2008 a 26/07/2008
- 13/07/2008 a 19/07/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 18/05/2008 a 24/05/2008
- 11/05/2008 a 17/05/2008
- 04/05/2008 a 10/05/2008
- 27/04/2008 a 03/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 06/04/2008 a 12/04/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008
- 23/03/2008 a 29/03/2008
- 16/03/2008 a 22/03/2008
- 09/03/2008 a 15/03/2008
- 02/03/2008 a 08/03/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 17/02/2008 a 23/02/2008
- 10/02/2008 a 16/02/2008
- 03/02/2008 a 09/02/2008
- 27/01/2008 a 02/02/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 13/01/2008 a 19/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 30/12/2007 a 05/01/2008
- 23/12/2007 a 29/12/2007
- 16/12/2007 a 22/12/2007
- 09/12/2007 a 15/12/2007
- 02/12/2007 a 08/12/2007
- 25/11/2007 a 01/12/2007
- 18/11/2007 a 24/11/2007
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 04/11/2007 a 10/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 21/10/2007 a 27/10/2007
- 16/09/2007 a 22/09/2007
- 02/09/2007 a 08/09/2007
- 26/08/2007 a 01/09/2007
- 19/08/2007 a 25/08/2007
- 12/08/2007 a 18/08/2007
- 05/08/2007 a 11/08/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 15/07/2007 a 21/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 17/06/2007 a 23/06/2007
- 10/06/2007 a 16/06/2007
- 03/06/2007 a 09/06/2007
- 27/05/2007 a 02/06/2007
- 20/05/2007 a 26/05/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 06/05/2007 a 12/05/2007
- 29/04/2007 a 05/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 15/04/2007 a 21/04/2007
- 08/04/2007 a 14/04/2007
- 01/04/2007 a 07/04/2007
- 25/03/2007 a 31/03/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/03/2007 a 17/03/2007
- 04/03/2007 a 10/03/2007
- 25/02/2007 a 03/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 04/02/2007 a 10/02/2007
- 21/01/2007 a 27/01/2007
- 14/01/2007 a 20/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 10/12/2006 a 16/12/2006
- 26/11/2006 a 02/12/2006
- 19/11/2006 a 25/11/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 29/10/2006 a 04/11/2006
- 22/10/2006 a 28/10/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 27/08/2006 a 02/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 13/08/2006 a 19/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 23/07/2006 a 29/07/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 09/07/2006 a 15/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 18/06/2006 a 24/06/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 28/05/2006 a 03/06/2006
- 21/05/2006 a 27/05/2006
- 14/05/2006 a 20/05/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 16/04/2006 a 22/04/2006
- 09/04/2006 a 15/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 26/03/2006 a 01/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 12/03/2006 a 18/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 26/02/2006 a 04/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 05/02/2006 a 11/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006

------------------------------


Technorati


COMO O ESPORTE GIRA EM TORNO DO MUNDO



As cores do espírito esportivo


Como a esfera política contribuiu para instituir intolerâncias e preconceitos no esporte



Jogos Olímpicos, Berlim, 1936. O norte-americano Jesse Owens faturava quatro medalhas de ouro nas provas de atletismo. Façanha que extrapolou a raia e ganharia, mais tarde, contornos épicos.


Hitler, anfitrião do evento, no auge do regime nazista alemão, se recusou a cumprimentar Owens pelo feito, assim como fizera com outros atletas negros da delegação dos EUA que também ganharam medalha.


Anos depois, Owens não se vangloriava por ter afrontado o racismo de Hitler em plenos domínios do ditador. Na verdade, se ressentia pelo fato de os EUA também abrigar o preconceito. Nem mesmo o próprio presidente do país à época, Delano Roosevelt, fez questão de cumprimentá-lo.


“O esporte impõe uma aparente contradição. Ao invés de congregar diferentes povos, como manda sua essência, acaba abrindo espaço para a expressão de diversos preconceitos”, afirma o sociólogo e historiador, Hilário Franco Júnior.


Pouco mais de uma década antes das Olimpíadas de Berlim, se desenrolava, no Brasil, outra polêmica que envolveria a explosiva mistura entre esporte, política e racismo.


Em 1923, o Vasco sagrava-se campeão estadual do Rio de Janeiro pela primeira vez. Um time formado basicamente por negros e operários. Alegando que os atletas do Vasco atuavam como profissionais – o que não era admitido à época –, os outros clubes cariocas fundaram a Associação Metropolitana de Esportes Atléticos (AMEA), que seria responsável por organizar uma nova competição.


“O esporte, sobretudo o futebol, proporciona às camadas mais baixas da sociedade uma ascensão social meteórica, o que por si só já desencadeia inúmeras discriminações”, argumenta Hilário.


A AMEA só permitiria a filiação do Vasco caso o clube excluísse 12 jogadores de seu elenco – justamente os negros e mulatos. O Cruzmaltino resiste, disputa o Estadual de 1924 enfrentando apenas clubes de pequena expressão e leva o título novamente.


Já em 1925, o Vasco é finalmente admitido na AMEA, sem restrições. Desde então, o clube exalta a fama de ter sido aquele que acabou com o racismo no futebol brasileiro. Mas a resistência vascaína serviu mesmo para pôr fim ao preconceito ou apenas abriu as portas para o profissionalismo da bola no Brasil?


O que se vê mais adiante, na Copa do Mundo de 1950, realizada no Brasil, é que o preconceito racial no futebol tupiniquim estava longe de ser extinto. O fracasso da Seleção Brasileira diante do Uruguai, na final, logo apontou culpados: os “negrinhos” do time, dentre eles, talvez, o mais injustiçado... Barbosa, o goleiro.


“Nosso verdadeiro inimigo na Copa de 50 não foi o Uruguai, mas um racismo arraigado que crucificou os jogadores da defesa – quase todos negros – e nos obrigou a uma autoleitura como inferiores biológicos”, diz o sociólogo Roberto DaMatta, em seu livro “A bola corre mais que os homens”.



Nas Olimpíadas de 1968, no México, foi a vez de Tommie Smith e John Carlos utilizarem o esporte como forma de expressão contra o racismo. Ou pelo menos tentarem. Medalhistas de ouro e bronze, respectivamente, na prova dos 200m rasos, no atletismo, subiram ao pódio descalços, com os punhos cerrados para o alto.


Aquela era a saudação dos Panteras Negras, grupo que defendia os direitos e a liberdade dos negros nos EUA. Pelo ato de protesto no pódio, Tommie e John foram expulsos da delegação norte-americana, uma exigência do Comitê Olímpico Internacional.


A entidade alegou que não eram permitidas manifestações políticas durante os Jogos. Regras que deveriam valer também em 1936, quando Hitler e os atletas alemães que chegavam ao pódio se cumprimentavam com a saudação nazista. E não valeram.


Quando a esfera política que atua no esporte deveria se valer de seu poder para coibir o racismo e outros preconceitos, como defende Hilário Franco Júnior, ela prefere omitir, dentro de suas próprias regras e determinações, o que o esporte tem como princípio fundamental: a congregação dos povos.


“É preciso investir em educação e conscientização, tanto na formação de atletas quanto de torcedores, conscientes da igualdade dos cidadãos, do respeito aos direitos de cada um, independentemente de cor, gênero, sexo ou crença”.



- Postado por: Breiller Pires às 01h23
[ ] [ envie esta mensagem ]

Compartilhe: AddThis Feed Button
___________________________________________________