Rola Blog - Bem-humorado em suas quatro linhas. Ou melhor, entrelinhas.

Translate Traduca Traduzca Traduisez


------------------------------
:: Conheça o PERFIL do Rola Blog e do autor
------------------------------


E-mail


E-mail
Adicione o RB aos favoritos
------------------------------


RSS


Da Arquibancada:
- Sua nota para o Rola Blog
- Indique esse Blog


Enquete
Para o Brasil receber megaeventos esportivos, o mais importante é...

Investir em mobilidade urbana e infra-estrutura

Construir arenas e estádios modernos

Planejar o legado

Estruturar o esporte de base aliado à educação

Votar


Galeria.RB
- Álbum de figurinhas
- Ingressos históricos
- Joga Blog (Games)
- Wallpapers NBA
- Mapa do site
- Escrete Virtual
- Matérias Revista Placar


TV


PODCAST


Coberturas Especiais:
- ROLA BLOG NO PAN
- COPA DO MUNDO 2006
- OLIMPÍADAS 2008
- ELES QUEREM ESTÁDIO

BLOGS


ESPORTE


Siga o Rola Blog:
------------------------------

Twitter

Orkut


Facebook


Flickr


Youtube

------------------------------

Arquivo Esportivo:
- 26/09/2010 a 02/10/2010
- 18/07/2010 a 24/07/2010
- 11/07/2010 a 17/07/2010
- 04/07/2010 a 10/07/2010
- 27/06/2010 a 03/07/2010
- 20/06/2010 a 26/06/2010
- 13/06/2010 a 19/06/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 16/05/2010 a 22/05/2010
- 09/05/2010 a 15/05/2010
- 02/05/2010 a 08/05/2010
- 11/04/2010 a 17/04/2010
- 21/03/2010 a 27/03/2010
- 07/03/2010 a 13/03/2010
- 14/02/2010 a 20/02/2010
- 24/01/2010 a 30/01/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 20/12/2009 a 26/12/2009
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 29/11/2009 a 05/12/2009
- 22/11/2009 a 28/11/2009
- 15/11/2009 a 21/11/2009
- 08/11/2009 a 14/11/2009
- 01/11/2009 a 07/11/2009
- 25/10/2009 a 31/10/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 20/09/2009 a 26/09/2009
- 16/08/2009 a 22/08/2009
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 02/08/2009 a 08/08/2009
- 26/07/2009 a 01/08/2009
- 19/07/2009 a 25/07/2009
- 12/07/2009 a 18/07/2009
- 05/07/2009 a 11/07/2009
- 28/06/2009 a 04/07/2009
- 21/06/2009 a 27/06/2009
- 07/06/2009 a 13/06/2009
- 17/05/2009 a 23/05/2009
- 03/05/2009 a 09/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 22/03/2009 a 28/03/2009
- 15/03/2009 a 21/03/2009
- 08/03/2009 a 14/03/2009
- 01/03/2009 a 07/03/2009
- 22/02/2009 a 28/02/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 08/02/2009 a 14/02/2009
- 25/01/2009 a 31/01/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 11/01/2009 a 17/01/2009
- 04/01/2009 a 10/01/2009
- 21/12/2008 a 27/12/2008
- 14/12/2008 a 20/12/2008
- 07/12/2008 a 13/12/2008
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 23/11/2008 a 29/11/2008
- 16/11/2008 a 22/11/2008
- 02/11/2008 a 08/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 14/09/2008 a 20/09/2008
- 07/09/2008 a 13/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 24/08/2008 a 30/08/2008
- 17/08/2008 a 23/08/2008
- 10/08/2008 a 16/08/2008
- 03/08/2008 a 09/08/2008
- 20/07/2008 a 26/07/2008
- 13/07/2008 a 19/07/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 18/05/2008 a 24/05/2008
- 11/05/2008 a 17/05/2008
- 04/05/2008 a 10/05/2008
- 27/04/2008 a 03/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 06/04/2008 a 12/04/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008
- 23/03/2008 a 29/03/2008
- 16/03/2008 a 22/03/2008
- 09/03/2008 a 15/03/2008
- 02/03/2008 a 08/03/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 17/02/2008 a 23/02/2008
- 10/02/2008 a 16/02/2008
- 03/02/2008 a 09/02/2008
- 27/01/2008 a 02/02/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 13/01/2008 a 19/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 30/12/2007 a 05/01/2008
- 23/12/2007 a 29/12/2007
- 16/12/2007 a 22/12/2007
- 09/12/2007 a 15/12/2007
- 02/12/2007 a 08/12/2007
- 25/11/2007 a 01/12/2007
- 18/11/2007 a 24/11/2007
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 04/11/2007 a 10/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 21/10/2007 a 27/10/2007
- 16/09/2007 a 22/09/2007
- 02/09/2007 a 08/09/2007
- 26/08/2007 a 01/09/2007
- 19/08/2007 a 25/08/2007
- 12/08/2007 a 18/08/2007
- 05/08/2007 a 11/08/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 15/07/2007 a 21/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 17/06/2007 a 23/06/2007
- 10/06/2007 a 16/06/2007
- 03/06/2007 a 09/06/2007
- 27/05/2007 a 02/06/2007
- 20/05/2007 a 26/05/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 06/05/2007 a 12/05/2007
- 29/04/2007 a 05/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 15/04/2007 a 21/04/2007
- 08/04/2007 a 14/04/2007
- 01/04/2007 a 07/04/2007
- 25/03/2007 a 31/03/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/03/2007 a 17/03/2007
- 04/03/2007 a 10/03/2007
- 25/02/2007 a 03/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 04/02/2007 a 10/02/2007
- 21/01/2007 a 27/01/2007
- 14/01/2007 a 20/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 10/12/2006 a 16/12/2006
- 26/11/2006 a 02/12/2006
- 19/11/2006 a 25/11/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 29/10/2006 a 04/11/2006
- 22/10/2006 a 28/10/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 27/08/2006 a 02/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 13/08/2006 a 19/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 23/07/2006 a 29/07/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 09/07/2006 a 15/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 18/06/2006 a 24/06/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 28/05/2006 a 03/06/2006
- 21/05/2006 a 27/05/2006
- 14/05/2006 a 20/05/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 16/04/2006 a 22/04/2006
- 09/04/2006 a 15/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 26/03/2006 a 01/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 12/03/2006 a 18/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 26/02/2006 a 04/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 05/02/2006 a 11/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006

------------------------------


Technorati


COMO O ESPORTE GIRA EM TORNO DO MUNDO



O preço da Copa


Expansão da economia, PAC, projeção internacional: a conjuntura favorável garante o sucesso da Copa-2014 no Brasil?



O Brasil tem vivenciado, nos últimos anos, um crescimento econômico sólido, capaz de se manter alheio a crises e oscilações no dólar. Em tese, um momento favorável para novos e ousados investimentos, como a realização de uma Copa do Mundo.


Mas será que a boa fase, e a projeção do país no cenário internacional como carro-chefe dos emergentes, podem sustentar as demandas de um megaevento esportivo? A economia tem fôlego para bancar um investimento previsto, até agora, em quase R$ 20 bilhões?


O Rola Blog ouviu especialistas em marketing esportivo e questionou se o Brasil conseguirá entregar a Copa do Mundo com excelência, em 2014, proporcionando condições para um legado à altura do investimento.


Emerson Gonçalves, blogueiro que trata de marketing esportivo no Globoesporte.com, aponta a necessidade de mais transparência na condução do projeto para 2014, principalmente por parte da CBF.


Ele ainda ressalta a importância da iniciativa privada no financiamento da Copa, o que, em sua visão, poderia trazer mais transparência na prestação de contas.



Já o professor de marketing e gestão esportiva, Tufic Derzi, aborda a questão do planejamento na construção dos estádios como premissa para um legado sustentável após a realização da Copa.


Seguindo a mesma linha, Cesar Sbrighi, diretor do site “Mktesportivo”, atenta para o curto prazo da realização das obras nos estádios, já que a venda dos ingressos tem de começar bem antes do evento.


“Os estádios precisam ficar prontos o quanto antes - pelo menos para a Copa das Confederações -, pois os ingressos têm lugar marcado. A planta de construção nem sempre demonstra exatamente como o estádio vai ficar. Vender ingressos sem a arena pronta pode representar um grande problema. Corre-se o risco de vender assento que não existirá”, explica.



Voltando à questão de legado, o editor da Máquina do Esporte, Erich Beting, destaca quais os países souberam aproveitar melhor a realização da Copa para se desenvolverem e estruturar o futebol local.


Tufic Derzi também fala sobre o papel da iniciativa pública na condução de todo o processo e da figura dos profissionais de marketing no contexto da Copa-2014.



Para Beting, o fato de a Fifa monopolizar todas as ações de marketing do evento atrapalha a inserção de profissionais de marketing na organização.


“Faltam profissionais de gestão. Gente encarregada de olhar como um todo o projeto, de traçar metas e discutir o cumprimento de prazos. Só a Fifa determina o que deve ser elaborado na promoção do evento. Além disso, qualquer menção a 2014 só poderá ser feita após o término da Copa da África”.


E, temendo o famoso “oba-oba”, Emerson Gonçalves observa, ainda, as determinações do caderno de encargos da Fifa, que, segundo ele, não exige que o país faça a melhor e maior Copa do Mundo de todos os tempos.


“O Brasil precisa fazer a Copa para o Brasil, e não para a Europa”.



- Postado por: Breiller Pires às 16h31
[ ] [ envie esta mensagem ]

Compartilhe: AddThis Feed Button
___________________________________________________




COMO O ESPORTE GIRA EM TORNO DO MUNDO



Por trás da trombada

Futebol Americano e Rugby: esportes de contato, imponentes e estigmatizados pelo mito da violência

                                                                                                      Vitor Vieira


“Isso é coisa de louco. Ficar machucando um ao outro desse jeito não é esporte, é loucura”. Assim manifestava uma senhora de meia idade, que passeava com a família numa tarde de domingo pela praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.


À beira do calçadão, ela assistia, sem entender muita coisa, a uma partida de futebol americano que rolava na areia. Esbarrões e troncos, gritos e mais tombos, brutamontes ao chão. Tudo era estranho para aquela senhora, que deve ter ido embora com a impressão de que ali, naquele jogo duro, o culto à violência era o motivo do embate.


Um dos times que travavam o confronto era o Titãs de Copacabana, equipe em que o quarterback Roni Rodrigues joga há quase cinco anos. Ele afirma que é mesmo comum as pessoas que passam pela praia se assustarem ao se deparar pela primeira vez com o futebol americano de areia. Porém, com o tempo, algumas compreendem melhor a modalidade e começam até a acompanhar os jogos.


“Ainda associam o esporte à violência, mas sempre paramos pra dizer como é estratégico, que existe uma série de regras que protegem a integridade física do atleta. Infelizmente, ainda há muita gente que segue acreditando que o futebol americano é violento”, avalia Roni.

                                                                                               Arquivo pessoal

Rato de praia: Roni integra as seleções brasileira e carioca de futebol americano

Um dos principais rivais do Titãs é o time do Piratas de Copacabana. Rafael Thomé, quarterback da equipe - que ficou sabendo dos treinos pelo Orkut e, em jogos de videogame, já bolava estratégias para se dar bem no futebol americano – garante que, mesmo diante do rival, o máximo que acontece é um empurra-empurra ou alguma discussão mais ríspida.


“Há muita rivalidade, mas, ainda assim, não se tem notícia de brigas e agressões. Quando ocorre, a AFAB [Associação de Futebol Americano do Brasil] prevê punições severas, inclusive com multas em dinheiro”, conta Rafael.


Ele diz que já se acostumou às pancadas. Em sua posição, tem de lançar a bola a todo o momento e, consequentemente, torna-se o jogador mais visado pelos marcadores. No entanto, o quarterback do Piratas não vê o futebol americano como uma modalidade violenta, mas, sim, um esporte de contato como outro qualquer.


“Para conquistar os avanços, sempre ocorre contato físico, geralmente forte. Mas nem por isso [o jogo] se torna um vale-tudo. Qualquer jogada mais violenta é punida com falta, assim como no futebol, no basquete, no pólo aquático”, explica.


Para Roni, do Titãs, o senso comum de que futebol americano é violento se baseia numa questão cultural, que parte da falta de informação e conhecimento dos brasileiros sobre um dos esportes mais populares dos Estados Unidos.


“Nos EUA, famílias inteiras vão aos estádios. Mulheres e crianças vibram com os tackles. É um problema cultural. Nosso esporte tem rivalidade, tem pancada, tem choque, mas isso tudo fica dentro de campo. Fora dele, adversários são amigos, se confraternizam”, afirma.


Rafael acrescenta que existe uma festa de confraternização, a “Football Party”, aberta a jogadores que disputam o Carioca Bowl, torneio que reúne as principais equipes de futebol americano de areia do Rio de Janeiro. Desde 2000, a cidade, que teve seu primeiro time da modalidade fundado em 1992, serve como palco para a competição.

                                                                                               Arquivo pessoal

Vestindo a 8, Rafael é quem arma as jogadas dos Piratas de Copacabana

Competição que, acima de tudo, limita-se somente às areias. “Na hora do jogo não existem amigos. Quando a partida acaba, entretanto, a história é diferente. Eu, particularmente, fiz amizades em diversas equipes e faço questão de mantê-las”, revela Rafael.


Ele espera que, com o tempo, as pessoas se interessem mais pelo futebol americano e passem a conhecer esse “outro lado” da modalidade. E torce principalmente para que, dentro de casa, não tenha de enfrentar tanta resistência ao sair para bater uma bolinha oval.


“Minha família odeia futebol americano. Meu pai, então, não suporta. Acha um esporte idiota, muito violento. Já até tentei explicá-lo e convencê-lo do contrário, mas ele não foi nada receptivo”.

-----------------------------------------------


Rola Blog TV mostra o rugby como um estilo de vida, uma cultura própria que, desmentindo o senso comum, condena qualquer tipo de violência:



 Acompanhe a série pelo Twitter: #esportemundo
 Veja fotos do BH Rugby no álbum do Rola Blog no Flickr.



- Postado por: Breiller Pires às 01h34
[ ] [ envie esta mensagem ]

Compartilhe: AddThis Feed Button
___________________________________________________