Rola Blog - Bem-humorado em suas quatro linhas. Ou melhor, entrelinhas.

Translate Traduca Traduzca Traduisez


------------------------------
:: Conheça o PERFIL do Rola Blog e do autor
------------------------------


E-mail


E-mail
Adicione o RB aos favoritos
------------------------------


RSS


Da Arquibancada:
- Sua nota para o Rola Blog
- Indique esse Blog


Enquete
Para o Brasil receber megaeventos esportivos, o mais importante é...

Investir em mobilidade urbana e infra-estrutura

Construir arenas e estádios modernos

Planejar o legado

Estruturar o esporte de base aliado à educação

Votar


Galeria.RB
- Álbum de figurinhas
- Ingressos históricos
- Joga Blog (Games)
- Wallpapers NBA
- Mapa do site
- Escrete Virtual
- Matérias Revista Placar


TV


PODCAST


Coberturas Especiais:
- ROLA BLOG NO PAN
- COPA DO MUNDO 2006
- OLIMPÍADAS 2008
- ELES QUEREM ESTÁDIO

BLOGS


ESPORTE


Siga o Rola Blog:
------------------------------

Twitter

Orkut


Facebook


Flickr


Youtube

------------------------------

Arquivo Esportivo:
- 26/09/2010 a 02/10/2010
- 18/07/2010 a 24/07/2010
- 11/07/2010 a 17/07/2010
- 04/07/2010 a 10/07/2010
- 27/06/2010 a 03/07/2010
- 20/06/2010 a 26/06/2010
- 13/06/2010 a 19/06/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 16/05/2010 a 22/05/2010
- 09/05/2010 a 15/05/2010
- 02/05/2010 a 08/05/2010
- 11/04/2010 a 17/04/2010
- 21/03/2010 a 27/03/2010
- 07/03/2010 a 13/03/2010
- 14/02/2010 a 20/02/2010
- 24/01/2010 a 30/01/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 20/12/2009 a 26/12/2009
- 13/12/2009 a 19/12/2009
- 29/11/2009 a 05/12/2009
- 22/11/2009 a 28/11/2009
- 15/11/2009 a 21/11/2009
- 08/11/2009 a 14/11/2009
- 01/11/2009 a 07/11/2009
- 25/10/2009 a 31/10/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 20/09/2009 a 26/09/2009
- 16/08/2009 a 22/08/2009
- 09/08/2009 a 15/08/2009
- 02/08/2009 a 08/08/2009
- 26/07/2009 a 01/08/2009
- 19/07/2009 a 25/07/2009
- 12/07/2009 a 18/07/2009
- 05/07/2009 a 11/07/2009
- 28/06/2009 a 04/07/2009
- 21/06/2009 a 27/06/2009
- 07/06/2009 a 13/06/2009
- 17/05/2009 a 23/05/2009
- 03/05/2009 a 09/05/2009
- 19/04/2009 a 25/04/2009
- 05/04/2009 a 11/04/2009
- 22/03/2009 a 28/03/2009
- 15/03/2009 a 21/03/2009
- 08/03/2009 a 14/03/2009
- 01/03/2009 a 07/03/2009
- 22/02/2009 a 28/02/2009
- 15/02/2009 a 21/02/2009
- 08/02/2009 a 14/02/2009
- 25/01/2009 a 31/01/2009
- 18/01/2009 a 24/01/2009
- 11/01/2009 a 17/01/2009
- 04/01/2009 a 10/01/2009
- 21/12/2008 a 27/12/2008
- 14/12/2008 a 20/12/2008
- 07/12/2008 a 13/12/2008
- 30/11/2008 a 06/12/2008
- 23/11/2008 a 29/11/2008
- 16/11/2008 a 22/11/2008
- 02/11/2008 a 08/11/2008
- 26/10/2008 a 01/11/2008
- 19/10/2008 a 25/10/2008
- 05/10/2008 a 11/10/2008
- 21/09/2008 a 27/09/2008
- 14/09/2008 a 20/09/2008
- 07/09/2008 a 13/09/2008
- 31/08/2008 a 06/09/2008
- 24/08/2008 a 30/08/2008
- 17/08/2008 a 23/08/2008
- 10/08/2008 a 16/08/2008
- 03/08/2008 a 09/08/2008
- 20/07/2008 a 26/07/2008
- 13/07/2008 a 19/07/2008
- 06/07/2008 a 12/07/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 22/06/2008 a 28/06/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 01/06/2008 a 07/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 18/05/2008 a 24/05/2008
- 11/05/2008 a 17/05/2008
- 04/05/2008 a 10/05/2008
- 27/04/2008 a 03/05/2008
- 20/04/2008 a 26/04/2008
- 13/04/2008 a 19/04/2008
- 06/04/2008 a 12/04/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008
- 23/03/2008 a 29/03/2008
- 16/03/2008 a 22/03/2008
- 09/03/2008 a 15/03/2008
- 02/03/2008 a 08/03/2008
- 24/02/2008 a 01/03/2008
- 17/02/2008 a 23/02/2008
- 10/02/2008 a 16/02/2008
- 03/02/2008 a 09/02/2008
- 27/01/2008 a 02/02/2008
- 20/01/2008 a 26/01/2008
- 13/01/2008 a 19/01/2008
- 06/01/2008 a 12/01/2008
- 30/12/2007 a 05/01/2008
- 23/12/2007 a 29/12/2007
- 16/12/2007 a 22/12/2007
- 09/12/2007 a 15/12/2007
- 02/12/2007 a 08/12/2007
- 25/11/2007 a 01/12/2007
- 18/11/2007 a 24/11/2007
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 04/11/2007 a 10/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 21/10/2007 a 27/10/2007
- 16/09/2007 a 22/09/2007
- 02/09/2007 a 08/09/2007
- 26/08/2007 a 01/09/2007
- 19/08/2007 a 25/08/2007
- 12/08/2007 a 18/08/2007
- 05/08/2007 a 11/08/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 15/07/2007 a 21/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 17/06/2007 a 23/06/2007
- 10/06/2007 a 16/06/2007
- 03/06/2007 a 09/06/2007
- 27/05/2007 a 02/06/2007
- 20/05/2007 a 26/05/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 06/05/2007 a 12/05/2007
- 29/04/2007 a 05/05/2007
- 22/04/2007 a 28/04/2007
- 15/04/2007 a 21/04/2007
- 08/04/2007 a 14/04/2007
- 01/04/2007 a 07/04/2007
- 25/03/2007 a 31/03/2007
- 18/03/2007 a 24/03/2007
- 11/03/2007 a 17/03/2007
- 04/03/2007 a 10/03/2007
- 25/02/2007 a 03/03/2007
- 11/02/2007 a 17/02/2007
- 04/02/2007 a 10/02/2007
- 21/01/2007 a 27/01/2007
- 14/01/2007 a 20/01/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 24/12/2006 a 30/12/2006
- 10/12/2006 a 16/12/2006
- 26/11/2006 a 02/12/2006
- 19/11/2006 a 25/11/2006
- 05/11/2006 a 11/11/2006
- 29/10/2006 a 04/11/2006
- 22/10/2006 a 28/10/2006
- 15/10/2006 a 21/10/2006
- 08/10/2006 a 14/10/2006
- 01/10/2006 a 07/10/2006
- 24/09/2006 a 30/09/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 03/09/2006 a 09/09/2006
- 27/08/2006 a 02/09/2006
- 20/08/2006 a 26/08/2006
- 13/08/2006 a 19/08/2006
- 06/08/2006 a 12/08/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 23/07/2006 a 29/07/2006
- 16/07/2006 a 22/07/2006
- 09/07/2006 a 15/07/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 18/06/2006 a 24/06/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 04/06/2006 a 10/06/2006
- 28/05/2006 a 03/06/2006
- 21/05/2006 a 27/05/2006
- 14/05/2006 a 20/05/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 30/04/2006 a 06/05/2006
- 23/04/2006 a 29/04/2006
- 16/04/2006 a 22/04/2006
- 09/04/2006 a 15/04/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 26/03/2006 a 01/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 12/03/2006 a 18/03/2006
- 05/03/2006 a 11/03/2006
- 26/02/2006 a 04/03/2006
- 19/02/2006 a 25/02/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 05/02/2006 a 11/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006

------------------------------


Technorati


Em fúria

Dona de uma das melhores ligas nacionais de futebol do mundo, a Espanha, definitivamente, ainda não sabe o que é uma seleção vencedora.

Enquanto Robinhos e Messis fazem do Campeonato Espanhol o espetáculo à parte de sempre, a seleção, a famosa Fúria, está atolada na lama há algum tempo.

Furía, adjetivo que remete a ímpeto, à coragem, já não cai bem para o selecionado espanhol. Sem craques e o artilheiro Raúl, afastado das convocações, os espanhóis não se deixam iludir, pelo menos por agora.

Nem com o atual ranking da Fifa, que traz a Espanha em 4º lugar, nem com os recentes resultados da seleção. Os comandados do técnico Luis Aragonés terminaram 2007 invictos. Saltaram oito posições no ranking e se classificaram para a Euro-2008.

O momento é bom. Mas, galegos, bascos, andaluzes, catalães, madrilenhos e todo o povo espanhol, evitam criar grandes expectativas em relação à Fúria. A paciência acabou.

No futebol, a Espanha ganha, disparada, o prêmio de maior amarelona da história. Sempre chega às Copas do Mundo sob holofotes. É apontada como favorita, na maioria das vezes. E o máximo que conseguiu até hoje foi um quarto lugar, na Copa de 50.

Quando o assunto é Eurocopa, a frustração é ainda maior. Os espanhóis só conquistaram o continente por uma única vez, em 1964, quando jogaram em casa.

De lá para cá, a Fúria chegou a montar boas equipes. No entanto, levou apenas o vice-campeonato da Euro, em 1984, perdendo para a França de Platini na final.


Xavi, Fernando Torres, Iniesta, Puyol, Villa, Casillas... Time até que não falta. O problema é engrenar.

A síndrome do fracasso, feroz como um touro das arenas de Sevilla, persegue e golpeia o otimismo do torcedor espanhol bem no estômago. Futebol e conquistas, por lá, só andam juntos com o clube do coração, no caso de Barcelona ou Real Madrid, ou com as categorias de base.

Os “niños furiosos” carregam toda a esperança de um povo em ver seu país no topo do mundo - ou ao menos da Europa.

Em 2007, as seleções sub-17 e sub-19 da Espanha foram campeãs européias. A sub-21, por sua vez, foi vice no torneio continental.

Essa geração de novos talentos é a luz no fim do túnel para uma nação que, bem parecida com uma certa terra chamada Brasil, é apaixonada por futebol, capaz de se desconectar do resto do mundo para acompanhar um jogo de sua seleção.

Antes que venham lhes dizer para não se entusiasmarem com a garotada, pois, em conjunto, no futebol, a Espanha não vai pra frente, os espanhóis já têm as pedras na mão.

Como verdadeiros amantes, apanham, mas esperam flores no dia seguinte. Acreditam que, em breve, “falta de sorte” e “fracasso” serão termos banidos das páginas dos seus periódicos esportivos.

Após bom desempenho no último ano, confiam no renascimento da Fúria. Apostam em uma nova geração, que, para reverter os anos de azar, vai ter mesmo de provar que nasceu virada pra lua.



- Postado por: Breiller Pires às 17h44
[ ] [ envie esta mensagem ]

Compartilhe: AddThis Feed Button
___________________________________________________




Forasteiros


Como a NBA, futebol brasileiro tem muito a ganhar com a vinda de estrangeiros

Jovens canarinhos, craques com a redonda nos pés, voam cada vez mais cedo rumo ao Norte. O futebol brasileiro sangra. Perde grandes talentos rápido demais para um mercado que não aceita concorrência com as terras do Sul.

Ao mesmo tempo, em comparação a outros periféricos, vizinhos do Brasil, o verde e amarelo resplandece.

Soberano economicamente na América do Sul, o país do futebol tem moeda estável e um campo atrativo para certo grupo de jogadores, os latino-americanos, que começam a se multiplicar por aqui.

Passada a alta temporada de contratações, os clubes da Primeira Divisão do Brasileiro, incluindo o Corinthians, que agora é de Segunda, contabilizam mais de 30 jogadores estrangeiros.

O Atlético-PR aposta no coquetel colombiano. Manteve o goleiro Viáfara e os meio-campistas Valencia e Ferreira.

Por aqui, a Colômbia está representada, ainda, pelo meio-campo Ricardo Laborde, que chegou ao Náutico, o atacante Perea, contratado pelo Grêmio, e o zagueiro Orozco, do Inter.

Tem também o lateral-direito Bustus, que trocou o tricolor gaúcho pelo arqui-rival. Mas, antes disso, o Grêmio já havia “roubado” o peruano Hidalgo do Beira-Rio.

O Colorado, tradicional empregador de estrangeiros, conta com mais dois gringos em seu elenco atual. Sorondo, o zagueiro uruguaio, e o bom Guiñazu, volante argentino.

E é de lá, da Argentina, que vem uma das maiores colônias de forasteiros no país. Além de Guiñazu, Darío Conca, do Fluminense, Alexis Ferrero e Escalada, do Botafogo, Maxi Biancucchi e Hugo Colace, do Flamengo e Herrera, do Corinthians, compõem a legião de hermanos.

O Uruguai também tem boa representatividade. Juntamente com Sorondo, o agora corintiano, Beto Acosta, o mais novo lateral-esquerdo do Atlético-MG, Agustín Viana, e o goleiro botafoguense, Juan Castillo, formam a turma celeste.

Ainda tem gente da Bolívia, como Marcelo Moreno, do Cruzeiro. Gente do Chile, a exemplo do palmeirense Valdívia e do vascaíno Villanueva. Paraguaios, como Ricardo Martínez, do Atlético-MG, e o rubro-negro Gavilán.

E não é só nos grandes clubes que os gringos marcam o sotaque. O Operário, do Mato Grosso, anunciou a contratação do atacante uruguaio Gonzalo Viera.

Já o Duque de Caxias, que vai disputar a Primeira Divisão do Campeonato Carioca este ano, foi à Argentina buscar reforços. O goleiro Astrada e o atacante Barrera são as apostas do clube da Baixada Fluminense.

A verdade é que, de uns anos pra cá, o Brasil se tornou uma opção bem atrativa para os boleiros dos países vizinhos. Além de vitrine para a Europa, o futebol brasileiro oferece melhores salários e boas condições de trabalho.

Mas, por trás dessa invasão estrangeira, há também uma questão interessante, que valoriza os campeonatos e torneios nacionais. O futebol canarinho, despropositadamente, começa a seguir a fórmula de sucesso da NBA.

Depois da era Michael Jordan, a liga americana de basquete apostou nos estrangeiros para valorizar sua marca. Com jogadores de diversas nacionalidades atuando em equipes norte-americanas, a NBA conseguiu aumentar sua popularidade ao redor do mundo.

Estrangeiros como o chinês Yao Ming e o argentino Manu Ginóbili geraram interesse pela liga americana em seus países de origem. A audiência dos jogos da NBA nunca foi tão alta, mesmo se comparada à época de ouro dos Bulls e de Jordan.

Portanto, forasteiros da bola, sejam bem-vindos ao futebol brasileiro. Desfaçam suas malas, tragam conterrâneos e fiquem por um bom tempo. Que o Campeonato Brasileiro, com vocês, se torne, em breve, a NBA do futebol.



- Postado por: Breiller Pires às 17h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

Compartilhe: AddThis Feed Button
___________________________________________________